• ClinicaSingular

Como surge a fome emocional?

Atualizado: Mai 21

A fome emocional se contrapõe à fome fisiológica, consiste em um transtorno de natureza comportamental ou psicológico. "Quem sofre com o problema altera propositalmente seu comportamento alimentar para aliviar um desconforto emocional (estresse, tristeza, tédio, solidão, etc.)", pontua a endocrinologista e acupunturista da Clínica Singular de Londrina Dra. Renata Dinardi Borges Liboni. "Em outras palavras, a pessoa come não por necessidade do organismo, mas sempre que alguma emoção negativa surge. Isso porque busca no alimento uma forma de atenuar ou esquecer aquela emoção", acrescenta.

Mas ela não pode ser considerada um transtorno alimentar. "A fome emocional é um transtorno comportamental ou psicológico, ao passo que os transtornos alimentares são transtornos psiquiátricos", aponta. Segundo a endocrinologista, na fome emocional, o indivíduo come para esquecer ou diminuir uma emoção ruim. "Há uma alteração voluntária de seu comportamento alimentar, pois, em palavras simples, come sempre que sofre", ressalta.



Preocupado com o assunto? Querendo mais informações? Acesse nosso site: https://www.clinicasingularlondrina.com.br/ ou ligue (43) 3325-3000 | (43) 9 9995 3400 (WhatsApp) para obter mais informações ou agendar consulta. Na Singular, você é sempre bem-vindo. Nossos especialistas estão à sua disposição!

0 visualização0 comentário