• ClinicaSingular

Uma ação em conjunto da família, de acolhimento, é uma porta de saída para a depressão

Os membros da família são peças fundamentais para ajudar uma pessoa com pensamento suicida, pois a proximidade fará esses entes perceberem com mais facilidade os primeiros sinais de que há algo errado. “A família precisa estar atenta aos comportamentos dos seus membros. Isolamento, pouca interação e falas que apontem para acabar com a vida devem ser investigadas. A família é fundamental nesse processo”, destaca a psiquiatra Dra. Fernanda Liboni Cavicchioli, da Clínica Singular, de Londrina. “As causas que levam uma pessoa a tentar contra a própria vida, na maioria das vezes, estão ligadas a patologias, mas não são as únicas razões que levam as vítimas a consumar tal pensamento”.



Preocupado com o assunto? Querendo mais informações? Ligue (43) 3325-3000 para obter mais informações ou agendar consulta. Na Singular, você é sempre bem-vindo. Nossos especialistas estão à sua disposição!

0 visualização

Av. Ayrton Senna da Silva, nº 500
sala 302 - Gleba Palhano
Londrina   CEP 86.050-460 

Clínica Singular

Saúde em Medicina

(43) 99995-3400

Tel: (43) 3325-3000

  • facebook azul
  • youtube azul
  • instagram azul
Editora Sucesso branco.png