• ClinicaSingular

Em tempos de pandemia, pessoas com transtorno afetivo bipolar podem desenvolver reações negativas

Durante esse período de isolamento social da quarentena, em função da pandemia causada pelo novo coronavírus (COVID-19), percebe-se um aumento da preocupação com a saúde mental das pessoas. Por isso, estão sendo cada vez mais bem vindas dicas de hábitos e cuidados diários para controlar o estresse, a ansiedade e a apreensão gerados pelo momento atual. No entanto, a solução não é tão simples para quem já sofre de transtornos psiquiátricos, como os pacientes com depressão e transtorno bipolar. “Esse grupo específico de pessoas não apenas é mais suscetível a desenvolver reações negativas pelos estímulos mentais provocados em situações atípicas como a atual, mas também pela diminuição do contato social com profissionais de saúde mental, como psiquiatras e psicólogos”, diz o Dr. Diego Augusto Nesi Cavicchioli, psiquiatra geral, da Infância e Adolescência, da Singular Saúde em Medicina, de Londrina. “Para os pacientes com transtorno afetivo bipolar, bem como para indivíduos que sofrem de outros transtornos psiquiátricos, manter as orientações fornecidas e os tratamentos propostos por esses especialistas é crucial para que os sintomas sejam mantidos sob controle”.



Preocupado com o assunto? Querendo mais informações? Acesse nosso site: https://www.clinicasingularlondrina.com.br/ ou ligue (43) 3325-3000 para obter mais informações ou agendar consulta. Na Singular, você é sempre bem-vindo. Nossos especialistas estão à sua disposição!

0 visualização

Av. Ayrton Senna da Silva, nº 500
sala 302 - Gleba Palhano
Londrina   CEP 86.050-460 

Clínica Singular

Saúde em Medicina

(43) 99995-3400

Tel: (43) 3325-3000

  • facebook azul
  • youtube azul
  • instagram azul
Editora Sucesso branco.png