• ClinicaSingular

Preconceito e desinformação retardam tratamento de transtornos mentais

Atualizado: 6 de Ago de 2019

Em outras áreas da medicina, normalmente, o diagnóstico é baseado nos sinais e sintomas, exames laboratoriais, exames de imagem dentre outros. Na Psiquiatria o diagnóstco é predominentemente clínico, o que muitas vezes leva a não aceitação como doença. Segundo Kaplan e Sadock, o cérebro humano é responsável por nossos processos cognitivos, emoções e comportamentos. “Um transtorno mental pode ser entendido como uma má adaptação que afeta os processos mentais e consequentemente altera a cognição, o comportamento e as emoções do indivíduo”, esclarece a Dra. Fernanda Liboni Cavicchioli, da Clínica Singular, de Londrina. O que não pode é ficar sem tratamento e isto ainda acontece muitas vezes devido ao preconceito e a desinformação que cercam os transtornos mentais, e vencer isso é um verdadeiro desafio. “Em geral, o maior desafio está no início do tratamento, em ajudar a própria pessoa e sua família a vencerem o preconceito e o estigma em relação a realizar um tratamento psiquiátrico”, afirma. Por isso, é importante que as pessoas procurem o profissional de saúde para se manterem saudáveis.




Interessado no assunto? Querendo saber mais? Ligue (43) 3325-3000 para obter mais informações ou agendar consulta. Na Singular, você é sempre bem-vindo. Nossos especialistas estão à sua disposição!

0 visualização

Av. Ayrton Senna da Silva, nº 500
sala 302 - Gleba Palhano
Londrina   CEP 86.050-460 

Clínica Singular

Saúde em Medicina

(43) 99995-3400

Tel: (43) 3325-3000

  • facebook azul
  • youtube azul
  • instagram azul
Editora Sucesso branco.png